Arquivo mensal setembro 2015

porRiciel Oliveira

O Desenho como forma de Terapia e Relaxamento

Desenho darwin

O desenho pode ser uma forma de distração e relaxamento, uma fórmula eficaz para o controle da ansiedade, pois quando estamos a desenhar ficamos concentrados, focado num pequeno pedaço de papel e traços que vão ganhando forma até chegar ao ponto esperado. No meio desse processo nossa mente se esquece de muitas ocorrências que nos causaram alguma perturbação, quando nos concentramos num desenho, podemos simplesmente viajar e esquecer-se do que esta a nossa volta, desta forma podemos nos livrar de certos pensamentos negativos, o que pode nos tornar mais calmos em certos momentos.

Assim como a pintura o ato de desenhar pode dar grande prazer e com algumas técnicas podemos criar verdadeiras obras de arte, vemos os exemplos das revistas em quadrinhos infantis, sem contar as aventuras de Tex, Conan o Barbaro e os Mangás que fazem grande sucesso entre jovens e adultos.

children tibet 001

Por outro lado sabemos que um bom pintor precisa ser um bom desenhista, o contrário não é necessário, muito embora no desenho podemos desenvolver os efeitos de claro e escuro, sombras, efeitos que vão dar mais qualidade ao nosso trabalho. Uma coisa é certa o desenho é a base para uma infinidade de trabalhos artísticos, seja em decoração, projetos de jardins, fachadas, desing de vestuários, calçados, jóias etc.

Vamos então começar a rabiscar e desenhar por que desenhar e pintar é só começar para nunca mais parar.

desenho menino tibet 001

Assuntos do Artigo:
  • desenho terapia
porRiciel Oliveira

Desenhando e Fazendo um Desenho Rápido ou Rabisco

Desenhando e Fazendo um Desenho Rápido ou Rabisco

desenhando figuras pessoas

Desenhando e rabiscando num papel qualquer, começando com um rabisco qualquer, assim se faz um desenho, basta um pedaço de papel e um lápis simples, junto a uma vontade de projetar algo sobre o nada, uma folha em branco, o local perfeito para o inicio de algo que ficará gravado e guardado em algum caderno.

É interessante que se guarde bem os seus desenhos porque depois de algum tempo podemos vê-los e comparar, ver a nossa evolução, pode ter certeza que, o seu traço vai mudando com tempo, melhorando quero dizer, comparando podemos achar erros e melhorar nosso desenho, mas é preciso começar e após começar nunca parar, pois o treino é importante para a evolução, para o aperfeiçoamento da técnica.

Assim como na música o desenho exige muito treino, o ideal é todos os dias, podemos utilizar um caderno pequeno carregando-o conosco, assim que aparecer uma oportunidade começamos, até mesmo esperando o trem ou o ônibus, andando pela rua, vamos encontrar uma infinidade de motivos para colocarmos no papel.

Fiz alguns desenhos que começaram como um rabisco e foram feitos em menos de minuto, sem importar muito com as formas, quanto menos você se importar com as formas mais originalidade e qualidade será alcançada , originalidade é algo que dificilmente se consegue imitar.

desenho caneta pencil

 

desenho pencil

 

 

 

desenho-Cristo-lapis

Espero que tenham gostado, agora é só começar a rabiscar e tirar os seus desenhos, existe uma teoria que todos nos somos dotados com a capacidade de desenhar, só precisamos desenvolver e aperfeiçoar o que já é nato no ser humano. Voce acreditando ou não, se começar agora a desenhar vai sair algo que voce mesmo irá se surpreender.

Até a próxima com mais alguns desenhos e rabiscos.

Assuntos do Artigo:
  • um desenho
porRiciel Oliveira

O que é música? Qual a origem da música? História e Arte

O que é música? Qual a origem da música? Essa é a primeira pergunta que deve ser feita ao iniciante nas aulas de música, existem diversas definições, mas uma é sem dúvida muito adequada: A música é a arte de manifestar os diversos afetos da alma mediante o som. Sim, manifestar, apresentar e expor aquilo que esta sendo executado dentro da mente misturado aos sentimentos que dominam o coração, isso faz com que a arte musical seja uma linguagem universal, compreendida e sentida por qualquer ser que a possa ouvir e sentir.

A sua origem não pode ser definida com precisão, acredita-se que entre os homens primitivos já existiam rituais em que alguns tipos de sons eram reproduzidos, não da forma como conhecemos hoje com tempos espaços e regras definidas, surgiu muito antes da escrita como uma das artes primitivas que evoluíram e chegaram ao nosso tempo de forma evoluída.

historia-musica-arte

Na Grécia antiga foi onde surgiu primeiramente o conceito de música, o nome relaciona-se a “Mousiké”, que esta relacionada à Arte das Musas, na mitologia Grega as musas eram as deusas que dominavam essa arte, tambem a Dança, a poesia e eram responsáveis pelo conhecimento, suas imagens eram veneradas por todos os artistas, filósofos e poetas da época, já o contrário “Amousos” que significa não musical, estava relacionado as pessoas ignorantes e sem cultura, ter o conhecimento nessa arte era então sinônimo de sabedoria.

Em um sentido mais amplo esta associado a “Manthanein” igual a aprender, verbo este que é a origem da palavra “Matemática”. A música tinha uma função importantíssima na sociedade da época e por estar interligada a arte ela refletia diretamente na cultura, sendo utilizada como uma ferramenta de preservação e transmissão do legado cultural.

O pensamento platônico queria que o conhecimento musical fosse utilizado com propósitos educacionais e morais, porém na idade média a igreja já a utilizava com a finalidade de aproximar o homem a Deus, desenvolveram então cursos de canto e uma produção musical que se voltava exclusivamente aos objetivos litúrgicos da igreja, distanciando-a dos propósitos de uso universal e educacional, como forma de inspiração e criatividade cultural, ficando tais conhecimentos restrito aos clérigos e intelectuais da igreja, outras manifestações musicais que não possuíssem fins litúrgicos eram consideradas profanas pela igreja que monopolizava o conhecimento mais erudito.

Cada sociedade possui por herança um patrimônio cultural musical, esse retrata a cultura de gerações passadas carregando imagens e historias que levam as raízes de um povo, portanto através de seus diversos estilos são reflexos das diferenças culturais, políticas e econômicas a qual estamos inseridos.

O estilo musical, portanto não determina a classe social do individuo, pois cada ser é capaz de usá-la  para representar a sua própria realidade criando o seu próprio repertório, representando toda a esfera social a que se esta inserido, é o que percebemos ao ouvir uma canção de um operário, de um homem do campo e de uma elite, suas cantigas demonstram experiências claras do seu cotidiano num contexto próprio, são manifestas através da junção dos mais diferentes ritmos e estilos, formando assim uma maneira diversificada em que as pessoas abordão os mais variados temas.

 

Assuntos do Artigo:
  • a musica e sua origem