Scroll Top

ARTES

A Música de Villa Lobos

Fazendo um breve resumo do que ocorreu na semana da arte moderna, foram apresentadas diversas obras de pintura, literatura e também de música, no qual um dos que fizeram o maior sucesso foi Heitor Villa Lobos, apresentando suas obras chamou muito a atenção do público que participou das apresentações.

Durante a apresentação de seus trabalhos, Villa Lobos teve um grande imprevisto, que obrigou o artista subir no palco com um pé sem sapato devido um calo em seu dedo.

Para que você conheça as musicas criadas por Villa Lobos, selecionamos três obras, essas fazem parte do grande repertório do artista, veja abaixo:

 

Bachianas Brasileiras No. 5 – Ária (Cantilena)

Tarde uma nuvem rósea lenta e transparente.

Sobre o espaço, sonhadora e bela!

Surge no infinito a lua docemente,

Enfeitando a tarde, qual meiga donzela

Que se apresta e a linda sonhadoramente,

Em anseios d’alma para ficar bela

Grita ao céu e a terra toda a Natureza!

Cala a passarada aos seus tristes queixumes

E reflete o mar toda a Sua riqueza…

Suave a luz da lua desperta agora

A cruel saudade que ri e chora!

Tarde uma nuvem rósea lenta e transparente

Sobre o espaço, sonhadora e bela!

 

Lundú da Marquesa de Santos

Minha flôr idolatrada

Tudo em mim é negro e triste

Vive minh’alma arrasada Ó Titilha

Desde o dia em que partiste

Este castigo tremendo

já minh’alma não resiste, Ah!

Eu vou morrendo, morrendo

Desde o dia em que partiste

Tudo em mim é negro e triste

Vive minh’alma arrasada, Ó Titilha!

Desde o dia em que partiste

Tudo em mim é negro e triste

Este castigo tremendo, tremendo.

Minha flôr idolatrada

Tudo em mim é negro e triste

Vive minh’alma arrasada Ó Titilha

Desde o dia em que partiste

Este castigo tremendo

já minh’alma não resiste, Ah!

Eu vou morrendo, morrendo

Desde o dia em que partiste

Ó titilha

 

Melodia Sentimental

Acorda, vem ver a lua

Que dorme na noite escura

Que surge tão bela e branca

Derramando doçura

Clara chama silente

Ardendo meu sonhar

As asas da noite que surgem

E correm no espaço profundo

Oh, doce amada, desperta

Vem dar teu calor ao luar

Quisera saber-te minha

Na hora serena e calma

A sombra confia ao vento

O limite da espera

Quando dentro da noite

Reclama o teu amor

Acorda, vem olhar a lua

Que brilha na noite escura

Querida, és linda e meiga

Sentir meu amor e sonhar

 

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à A Música de Villa Lobos!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: