ARTES

Ariano Suassuna – Romancista do Nordeste Brasileiro




Ariano Suassuna, nascido em 16 de junho de 1927 em João Pessoa, faleceu em 23 de julho de 2014 em Recife – foi um grande poeta, ensaísta, romancista e dramaturgo brasileiro.

Grande nordestino e defensor da cultura do nordeste escreveu obras magnificas como: Uma vestida de Sol, Auto de João da Cruz, O arco Desolado, Castigo da Soberba, O Santo e a Porca, Rico Avarento e a famosa peça O Auto da Compadecida, um drama com elementos da tradição nordestina e literatura de cordel onde Suassuna mistura a cultura popular com tradições religiosas. Suas obras já foram traduzidas para muitas línguas – francês, alemão, espanhol, inglês, holandês, italiano e polonês.

ariano-suassuna

Em 1990 foi eleito para ocupar a cadeira N 32 na Academia Brasileira de Letras cujo patrono é Manuel José de Araújo Porto Alegre, em 1993 foi eleito para a Academia Pernambucana de Letras ocupando a cadeira Nº 18 cujo patrono é o grande escritor Afonso Olindense e no ano 2000 assumiu na Academia Paraibana de Letras a cadeira Nº 35 que pertenceu a Raul Campelo Machado.

Ariano Suassuna foi o idealizador do movimento que tem como objetivo a criação de uma arte erudita partindo de elementos comuns na cultura do nordeste brasileiro, envolvendo todos os tipos de manifestações artísticas como: literatura, artes plásticas, dança, música cinema, teatro entre outras.

Comente Via FaceBook

Comentários




Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.