Scroll Top

ARTES

Chiquinha Gonzaga, Pianista, Compositora e Pianista Brasileira

Chiquinha Gonzaga nasceu no Rio de Janeiro em 17 de Outubro de 1847 e faleceu em 28 de Fevereiro de 1935, seu nome correto era Francisca Edwirges Neves Gonzaga, filha de um General do exército imperial e de uma filha de escravos, foi educada na maneira tradicional e aprendeu piano desde pequena. Casou-se com 16 anos com o marido que fora escolhido pelo pai, um oficial também da marinha Imperial brasileira, logo que casou engravidou e após alguns anos não suportou a vida de reclusão do navio em que o marido vivia passando a maior parte do tempo no trabalho que com a família, na época foi um grande escândalo e Chiquinha teve que suportar viver com apenas um dos três filhos que tivera, os outros dois ficaram sobre a guarda do pai, certamente devido a sociedade machista que imperava na época. Chiquinha se destacou como grande compositora, pianista e regente brasileira, sendo a primeira mulher a compor e tocar choros no Brasil, numa época que qualquer estilo musical que não fosse o europeu era considerado vulgar e chulo.

 É de sua autoria a famosa marcha carnavalesca com a letra “Ô Abre Alas” de 1899, Chiquinha se destacou e tornou-se uma das personagens mais importantes da história da música brasileira, devido a sua grande ousadia e a qualidade inegável de suas composições. Estima-se que compôs mais de mil músicas de vários gêneros como: Tangos, Polcas, Maxixes , Fados, Mazurcas, Quadrilhas, Choros, Serenatas e Valsas.

chiquinha-gonzaga

Destacou-se na música numa época em que a presença masculina era dominante, principalmente em relação às composições, onde mesmo nos padrões atuais ainda é marcante, Chiquinha foi não só uma grande personalidade brasileira, mas também mundial, ficou muito conhecida na Europa principalmente em Portugal onde fez muito sucesso. Suas composições ainda são muito tocadas até os dias de hoje, embora muitos não saibam que pertençam a uma compositora chamada Chiquinha Gonzaga.

No começo difícil e enfrentando muita discriminação trabalhou em lojas de venda de instrumentos musicais, dando aulas e tocando para manter a si e a seu filho que ficara com ela. Atuou também como ativista política junto aos abolicionistas, vendendo suas partituras para financiar as campanhas, chegou até mesmo a comprara a liberdade de um colega músico escravo.

Em 1912 alcançou grande sucesso no teatro com a estreia de Forrobodó, uma opereta que chegou a alcançar o número de 1.500 apresentações seguidas, com certeza a peça com melhor desempenho no gênero até os dias atuais no país. Sua ultima composição feita quando já estava com 87 anos, a peça “Maria”. Entre suas grandes canções estão também: Atraente, Sultana, Cubanita, Corta Jaca, Falena, Pudesse esta Paixão, Plangente, Juriti (opereta) e muitos outros.

Comente Via FaceBook

Comentários

1 Estrelinha =(2 Estrelinhas3 Estrelinhas4 Estrelinhas5 Estrelinhas =) Classifique Nosso Artigo de 1 à 5 Estrelas :)
Loading...

Artigos Relacionados à Chiquinha Gonzaga, Pianista, Compositora e Pianista Brasileira!

Seja o primeiro a comentar!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo: